•  Chica Paula @ Mothership 20/01

Chica Paula 


A musicista chilena foi influenciada pelo som psicodélico e industrial do final dos anos 80 (como Depeche Mode, Cabaret Voltaire, Kraftwerk, Soft Machine, etc), e mudou-se para a Alemanha no início dos anos 90.

Aos 19 anos, Paula começou sua carreira como DJ na Alemanha. Em 1995, conheceu Gudrun Gut, fundador do grupo de música eletrônica berlinense Oceanclub. Paula juntou-se ao coletivo e logo conseguiu residência no clube Tresor para os eventos da noite de domingo do Oceanclub, ao lado de DJs e produtores como Thomas Fehlmann (The Orb), Mike Vamp e a banda Sun Electric.

Seu apoio principal foi o produtor alemão Max Loderbauer, com quem Chica trabalhou no álbum “42 mädchen” que é a soma de diferentes gêneros: Punk, música tradicional tibetana e electro pop. Uma das faixas inclui as últimas palavras de Salvador Allende no Palácio de La Moneda, e a outra um remix de Brian Eno. 

Uma de suas características é a inclusão de sons da natureza, da rua e ambientes inesperados em suas trilhas. Quatro anos após o lançamento de seu primeiro álbum, Chica and the Folder, surgiu o segundo album, incluindo remixes de amigos como o chileno Ricardo Villalobos e da DJ suíça Sonja Moonear.


Ela disse em uma entrevista: “Como DJ, toco mais música dançante, mais do momento, música com groove. O resto (fazer música) é uma história diferente … Ser DJ é uma coisa pública, fazer música é algo mais pessoal “. 

Alem de seu trabalho como DJ, produtora, artista e remixer, Paula também é ativa como assessora em temas de música eletrônica para o Goethe Institut no México.




< Voltar